NO DIA DAS MÃES, HOMENAGEM À MISSÃO SAGRADA DA MULHER

O amor materno é um sentimento instintivo e uma virtude.

O amor materno é um sentimento instintivo e uma virtude. Quando nasce na mulher o sentimento de abnegação e devotamento em relação aos filhos, essa energia psíquica inicialmente instintiva atinge o grau de virtude. Esse amor persiste por toda a vida, sobrevive mesmo à própria morte, acompanhando o filho até o além-túmulo” (pergunta 890, de O Livro dos Espíritos).

Registramos na história o testemunho de mulheres de tamanha grandeza que servem de estímulo a todos nós. A literatura espírita é rica em exemplos de mulheres que pelo amor e dedicação a seus filhos transformaram-se em marco decisivo no processo de crescimento espiritual daqueles que a Providência Divina colocou em seus braços. Reencarnamos para aprendermos a amar e as mães são a primeira prova de amor que encontramos ao mergulharmos na matéria no processo abençoado da reencarnação.

A missão feminina nunca foi tarefa fácil. Espíritos de escol que lutaram e lutam contra a miséria, discriminação, violência e principalmente contra a desigualdade abriram caminhos com coragem e tenacidade para a construção de uma sociedade mais fraterna, ensinando-nos o amor abnegativo, sempre mantendo a graça e a harmonia, característica dos espíritos iluminados.

Até o século XIX havia a dúvida sobre as mulheres terem ou não alma. Kardec na Revista Espírita de janeiro de 1866, afirma que “o Espiritismo abre a era da emancipação legal da mulher, como abre a da igualdade e da fraternidade”, mostrando-nos que homens e mulheres são seres em evolução caminhando lado a lado, complementando-se na trajetória evolutiva.

Na sua sagrada missão de embalar no ventre o filho querido e posteriormente guiando-lhes os passos para a vida adulta, a mulher transforma gerações. Mediadora natural no equilíbrio familiar promove a paz e a dissolução dos conflitos no ninho doméstico.

Nossa singela homenagem a todas as mulheres que em todos os setores da vida, lutam para alcançar seu espaço na sociedade, contribuindo com o seu dom de melhorar o mundo possibilitando que a sociedade reveja seus conceitos, ensinando-nos a vermo-nos como irmãos fraternos filhos do mesmo do Pai de amor. Parabéns às mães que honram sua missão de amor distribuindo colo, carinho e abnegação àqueles que aportam no planeta na busca da regeneração.

 

Receba o boletim informativo do GEAE

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo