Projeto Ressignificar vai debater sobre egoísmo e inveja

O egoísmo e a inveja são dois sentimentos que causam muito mal às pessoas. São doenças da alma que maculam o coração. Abordar essas emoções tóxicas, à luz do Espiritismo, será o desafio do Projeto Ressignificar nesta quinta-feira (8) às 20 horas no Grupo Espírita Abrigo da Esperança (Geae) na Quadra Especial 40, Área Especial 6 A, Lote 4, no Guará 2.

Um dos exemplos mais conhecidos e tradicionais tratando sobre a inveja está redigido na Bíblia no livro de Gênesis, ou seja, o relato sobre os irmãos Caim e Abel, que se traduziu num crime.

De acordo com essas escrituras, Caim não suportou a inveja de perceber que o irmão, Abel, tinha agradado a Deus pela oferta que fez de bom grado a divindade. E por esse motivo, se irou, agrediu e assassinou o irmão.

O Espiritismo inclui o comportamento egoísta como um dos pilares das grandes chagas morais da humanidade. O facilitador do Ressignificar, Natan Servo, comenta que esses dois males muitas vezes ficam latentes e ocultos até que uma determinada situação psicológica força o indivíduo a se expressar e escandalizar o meio em que vive. “O egoísta só pensa em si, e o invejoso é aquele que não se conforma com o sucesso dos outros, ele inveja mesmo aquilo que não deseja”, analisou.

Serviço:
Projeto Ressignificar: Ignorância
Dia 8 de setembro – quinta-feira
Horário – 20h
GEAE: Quadra Especial 40, Área Especial 6 A, Lote 4, no Guará 2
Mais informações: Fone – 99213-8210

Receba o boletim informativo do GEAE

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo