UTILIDADE PÚBLICA: Fábrica Social abre inscrições para 700 vagas

Fábrica Social abre inscrições para 700 vagas

 

Foto: Hmenon Oliveira / Arquivo

Candidatos devem se inscrever pelo telefone 156

REPRODUÇÃO DA MATÉRIA PUBLICADA NO PORTAL DO GDF

BRASÍLIA (3/3/14) – As inscrições para o processo seletivo do programa Fábrica Social começam nesta quinta-feira (6) para preencher 700 vagas. Os candidatos terão até o dia 20 de março para se inscrever, exclusivamente, pelo telefone 156, opção 9, subitem 3. O atendimento acontece de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h, exceto aos feriados.

 

Os inscritos serão selecionados por sorteio eletrônico aberto ao público, previsto para o dia 21 de março. As matrículas deverão ser realizadas no período de 31 de março a 11 de abril, sendo necessária a entrega da documentação solicitada e comprovação dos pré-requisitos exigidos.

 

O principal objetivo do programa é a promoção de cidadania por meio da capacitação profissional qualificada. Cada participante recebe auxílio referente à produção e à assiduidade e também para alimentação e transporte.

 

No Centro de Capacitação, os participantes aprenderão a confeccionar artigos esportivos, como redes, bolas, uniformes e mochilas.  Toda a produção será doada a escolas públicas do DF, órgãos administrativos do GDF e entidades filantrópicas.

 

As oficinas de capacitação serão divididas em dois turnos, manhã e tarde, com no máximo seis horas de duração. Entre os cursos oferecidos estão bordado industrial; serigrafia; corte, costura e confecção de uniformes; corte e costura de laminados (material usado para fazer bolas esportivas); confecção de bolas e redes esportivas; e operação e manuseio de máquinas e equipamentos industriais.

 

QUEM PODE PARTICIPAR – Podem se candidatar pessoas com idade mínima de 16 anos inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal e do Distrito Federal com renda familiar per capita de até R$ 140 e que estejam com o seu cadastro atualizado no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS).

 

O programa reserva 5% das vagas para pessoas com deficiência, 5% para idosos e outros 5% para adolescentes em conflito com a lei, a partir de 14 anos, que estejam em cumprimento de medidas socioeducativas.

VEJA A MATÉRIA COMPLETA NO PORTAL DO GDF

(V.F/J.S*)

Receba o boletim informativo do GEAE

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo