Dificuldade e Burilamento

Irmão Francisco reponde a pergunta realizada na sala do tratamento físico-espiritual no dia 09/10/17 sobre diversas dificuldades que os trabalhadores estão enfrentando.

Transcrição de psicofonia pelo Espírito Irmão Francisco*

Irmão Francisco reponde a pergunta realizada na sala do tratamento físico-espiritual no dia 09/10/17 sobre diversas dificuldades que os trabalhadores estão enfrentando.

(…) (inaudível) (…) é pertinente a motivação exposta. É oportuno e muito prudente conversamos um pouco na noite de hoje.

Lembremos que estamos vibrando em numa estação de expiação e provas. A cada degrau que subimos é necessário um esforço pessoal e, diria mais, é um esforço muito grande! Para alguns subir um degrau é passar a vida inteira neste tentame. Para outros, onde já foram adquiridas aptidões, conseguem superar naturalmente as barreiras em poucas décadas. Enfim, lembro que essa Casa está em processo de desenvolvimento e de elevação do patamar do mesmo modo, ou seja, de ascender mais um degrau rumo ao progresso. Os trabalhadores desta Casa estão sendo convidados para dar esse passo importante. Ora, isso agita não somente o meio físico mais também o mundo espiritual. Além de forças benéficas, oriundos de espíritos abnegados, irmãos dedicados que nos ajudam nessa jornada, existe também o contraponto daqueles espíritos mais perversos, daqueles mais duros que tentam nos abater. Mas tragamos as nossas lembranças que tudo é possível e tudo provém para o nosso bem.

As dificuldades que temos agora, seja de ordem física, emocional ou material, sejam de família, de relacionamento social, ou profissional, tudo provém para burilar as melhores virtudes que precisamos desenvolver. Notem, para uns é necessário a resignação, para outros a humildade e para outros o exercício do perdão. A fraternidade é uma das virtudes que está sendo exigida nesta estação. A comunhão entre vocês é necessária. O apoio emocional de forma contínua tem que ser proporcionado.

Claro, que temos as nossas dificuldades de cunho pessoal que trazemos de outras encarnações e que precisam ser trabalhados nesta existência. Falo, porém, do esforço coletivo que precisamos ter, apoiando uns aos outros, rezando um pelos outros, estando perto um dos outros. Elevando a voz quando há necessidade, buscado ajuda da própria comunidade aqui se faz presente. Aqui não existem maiores ou menores, existe um esforço coletivo de crescimento.

Trago palavras de conforto aos vossos corações da nossa querida Irmã Aurora, que se preocupa tanto com cada um: “Tenham esperança, fé, atitude e principalmente perseverança na fé que cingistes. Assim, queridos filhos, orem por essas dificuldades que estão passando e notem, que na verdade, se trata de uma grande oportunidade de evolução em vossas vidas. Não fixem nos problemas, mas elevem o olhar para o horizonte. Logo vem o dia, o amanhecer tão lindo, dando-nos a força para prosseguirmos na jornada que o Mestre Jesus nos concedeu. ”

Tenho certeza de que essa equipe espiritual, todos aqui presentes e perfilados junto a vocês, acompanham o vosso dia a dia. Como ensinado pelo Mestre Jesus: “Qual de vocês que, possuindo cem ovelhas, e perdendo uma, não deixa as noventa e nove no campo e vai atrás da ovelha perdida, até encontrá-la? E quando a encontra, coloca-a alegremente sobre os ombros e vai para casa”.

Nenhuma alma que está aqui perderemos, pelo contrário, evoluiremos juntos, andaremos lado-a-lado, ora como encarnados, ora como espíritos, mas sempre de braços dados. Temos uma linda missão a cumprir. Esse é nosso objetivo maior com essa Casa e todos aqueles que abriga. Espero que essas palavras de consolo possam achar abrigo em vossos corações. Não somente pelo que foi dito, mas pelas vibrações elevadas que emanam nesse ambiente proporcionado pelos nossos amigos espirituais.

Trago saudações de Pedro, Preto, Antônio, Vó, Emílio e da caridosa Irmã Aurora. Vocês precisam experimentar um dia uma gotinha do sentimento de amor que a irmã Aurora tem por todos. Aí entenderão o que é cuidado, o que é carinho…

Que todos retornem aos lares, sentindo amparados e abençoados!

Irmão Francisco

*Irmão Francisco é um Trabalhador Espiritual que assiste ao GEAE no aconselhamento e tratamento físico/espiritual.

Receba o boletim informativo do GEAE

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo