GEAE LANÇA PROJETO APRENDER E AMPLIA ASSISTÊNCIA SOCIAL

082315_1146_GEAELANAPRO1.pngO Grupo Espírita Abrigo da Esperança (GEAE) cria mais uma ação para atender  e estimular o bom desenvolvimento das crianças no Distrito Federal. A partir de agosto, o  Departamento de Assistência e Promoção Social (DAPS) iniciará uma nova atividade voltada para a Política Pública de Assistência Social, na proteção social básica, voltada à crianças de 06 a 10 anos de idade, denominado Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), desenvolvido no contra-turno escolar. Trata-se do PROJETO APRENDER, que tem como objetivo proporcionar às crianças assistidas oportunidades para trabalhar as potencialidades latentes através de acompanhamento escolar, atividades artísticas, inserção digital, atividades culturais, oferecendo alimentação saudável no inicio das atividades, buscando o desenvolvimento físico/emocional/espiritual das crianças participantes do Projeto. As crianças serão encaminhadas pelo Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), dando prioridade às famílias inseridas no Programa Bolsa Família, Benefício de Prestação Continuada, Programa de Erradicação do Trabalho Infantil e demais programas sociais implementados pelo Distrito Federal, que serão atendidos em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Humano e Social (Sedhs) e demais políticas públicas.

O Projeto Aprender será um serviço prestado em dois turnos.  Inicialmente, funcionará no período matutino, de segunda a sexta-feira, organizado a partir de módulos, de modo a garantir aquisições progressivas às crianças, de acordo com o ciclo de vida. As famílias serão envolvidas, aos sábados pela manhã, no processo de desenvolvimento das crianças, complementando o trabalho de fortalecimentos dos vínculos familiares, prevenindo assim, a ocorrência de situações de risco social. Andre Campos, Diretor do DAPS, considera a implantação do Projeto Aprender como um resgate dos objetivos originais da Casa. Um compromisso assumido, na sua fundação, de acolher e orientar crianças em situação de vulnerabilidade social.

O serviço contemplará, em primeiro lugar, a própria demanda da região do Guará, envolvida em vulnerabilidades pessoais e sociais, devido às desigualdades de oportunidade, renda e acesso as políticas públicas. Com a implementação do Projeto APRENDER, o GEAE reassume o seu compromisso na promoção e elevação moral e social do indivíduo e da família, através da Educação, proporcionando às crianças assistidas, uma formação cultural apoiada na mais positiva e completa base espiritual e ética.

Receba o boletim informativo do GEAE

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo