SAÚDE SOLIDÁRIA: ASSISTÊNCIA PARA O BEM-ESTAR E À DIGNIDADE

Novo projeto do GEAE favorece acesso a tratamento de saúde para as crianças atendidas pela Casa e seus familiares

A saúde é o maior bem que temos. É o que nos permite cumprir as diversas tarefas do dia a dia e ter qualidade de vida. Muitos são os componentes da saúde integral do indivíduo, cujo acompanhamento rotineiro, com profissionais de saúde habilitados, é garantia de bem-estar. A saúde bucal é fruto da adequada higiene pessoal diária, com impacto decisivo sobre a saúde integral do indivíduo e reflexos na autoestima e a dignidade. Enxergar bem é fator essencial para desempenharmos com qualidade e conforto todas as tarefas do dia a dia, influenciando nosso desempenho no estudo e no trabalho. Atendimentos de alta qualificação, e complexidade potencial, a visita ao dentista e ao oftalmologista, assim como a realização de acompanhamento e tratamento regular, envolve o dispêndio de recursos financeiros muitas vezes acima das possibilidades das pessoas em situação de vulnerabilidade e nos estratos sociais menos favorecidos. Visando atender à parcela dessa população moradora do Guará, o Grupo Espírita Abrigo da Esperança (GEAE) criou o Projeto Saúde Solidária, que mobiliza equipe de saúde voluntária para ampliar as ações de assistência social da Casa.

“Esse projeto reforça nossas ações de promoção social, cujo objetivo é o tratamento humanizado daqueles que se encontram momentaneamente em situação de vulnerabilidade”, afirma Flávia de Paiva Barbosa, presidente do GEAE. “É a retomada de uma atividade de grande importância e que representa muito para a nossa Casa”. Nesse primeiro momento, o Saúde Solidária dará prioridade às crianças e jovens que participam da Evangelização e do Projeto Aprender, com idade de 03 a 20 anos, e a seus núcleos familiares. O critério principal é não ter acesso aos serviços oferecidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Os primeiros atendimentos começaram em janeiro, com a oftalmologista Goretti Mello: do final de janeiro a maio, ela já recebeu 14 crianças. A rede Ótica Oftálmica aderiu ao projeto e atendeu a prescrição de óculos para três crianças. Todo o atendimento é gratuito.

Cléber, Ana Fátima, Flávia Paiva e Rose Máximo: entusiasmo com novo projeto

Com o Saúde Solidária o GEAE retoma iniciativa de 2011, quando a Casa manteve um pequeno consultório. Gorette e Atacílio Antônio de Almeida Junior, dono da rede de óticas, foram parceiros naquele período, quando foram atendidas 45 crianças. À eles, juntaram-se, agora, os dentistas Roberto Cléber Lopes Neves e Bárbara de Oliveira Lima Fernandes, que estão estruturando o atendimento odontológico – além da formação da equipe, também buscam parceiros para a realização das radiografias e demais exames; para a oferta do material necessário ao atendimento e tratamento; e para que os beneficiários mantenham uma higiene bucal adequada. Nessa retomada, o atendimento terá outro formato: os profissionais de saúde voluntários receberão os pacientes em seus próprios consultórios e não no GEAE. Caberá à Casa fazer a triagem, o encaminhamento e agendamento das consultas, acompanhando o tratamento. 

A oftalmologista Goretti Mello em ação: 14 atendimentos solidários

DEMANDA REPRIMIDA – “A proposta é que os dentistas do Guará recebam as pessoas em seus consultórios”, diz Cléber Neves. Segundo ele, essa inversão dará mais qualidade ao atendimento, mantendo o GEAE focado na prioridade de garantir o acesso a tratamento a seus beneficiários. “As dificuldades de manter um, cuja manutenção dos equipamentos é cara, não teremos aqui. Sinto que vamos alcançar um sucesso grande”, avalia o dentista, que já realizou 46 avaliações de crianças e jovens da Evangelização e do Projeto Aprender. “Nós buscamos um atendimento humanizado, com a mesma qualidade destinada aos pacientes que podem pagar pela consulta”, diz Rose Máximo, assistente social voluntária do Departamento de Assistência Social (DAPS) do GEAE. 

O Saúde Solidária vem responder à carência por atendimento de saúde observada entre os inscritos nos programas de assistência social do GEAE. Diretora do Departamento de Assistência Social (DAPS) do GEAE, Ana Fátima Rocha observa que é na área odontológica e oftalmológica onde residem as maiores carências, por serem setores da saúde pública de difícil acesso, não só para as famílias atendidas no GEAE, como à população que faz uso do sistema público de saúde. Segundo ela, a expectativa é ampliar o projeto aos poucos, de forma que todos os atendidos pelo DAPS tenham acesso aos cuidados de saúde básica. Ela informa que o atendimento do Saúde Solidária contará, ainda, com palestras educativas para esclarecer as famílias da importância de uma rotina de higiene e cuidados pessoais adequada. “Queremos conscientizá-los da importância de cuidarmos do nosso corpo físico, da nossa higiene, da nossa alimentação, e de como isso tudo influencia na nossa qualidade de vida”, explica. 

Na Ótica Oftálmica, beneficiária do Saúde Solidária experimenta seus óculos novos

Para a diretora do DAPS, além do acesso à saúde básica, o projeto tem por objetivo estimular a mudança do indivíduo. “O GEAE, sendo uma Casa que acolhe com amor, que dignifica, que instrui, está, cada vez mais, tornando-se um ambiente que possibilita a seus assistidos realizarem seus processos de transformação”, comenta Ana Fátima. Essa transformação, diz Cléber Neves, alcança também os profissionais que abrem espaço para o voluntariado em suas agendas. Formado pela Unb há 26 anos e com 23 anos dedicados ao próximo, o dentista conheceu o GEAE por intermédio de um paciente e decidiu juntar-se ao grupo, trazendo a experiência acumulada nessa trajetória.

“Esse trabalho é transformador para quem faz e para quem recebe, ainda mais quando se faz com o coração, com amor”, diz Cléber. “Essa é a minha terapia. Eu vou para ajudar, mas quem recebe maior ajuda sou eu”. Entusiasmado com a nova empreitada, ele manda um recado aos colegas profissionais de saúde: “Venham nos ajudar e vocês serão muito mais ajudados”. 

 

Receba o boletim informativo do GEAE

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo