DA “ÁGUA FLUIDIFICADA”

São variadas as terapêuticas para tratamento humano

São variadas as terapêuticas para tratamento humano. Das conhecidas alopatia e homeopatia; fitoterapia e florais, como acupuntura e acupressura, além do Do-in, cromoterapia mental etc, temos aquelas utilizadas nas Casas espíritas, como o passe e a “água fluidificada”.

Todos eles representam uma enorme variedade de possibilidades oferecidas pela natureza, à espera da maturidade espiritual do ser humano.

A ciência terrena desperta cada vez mais para a chamada medicina quântica, tratando elementos físicos como um conjunto de princípios em variados estágios sutis da matéria.

O magnetismo operante nos tratamentos espíritas já foi muito cogitado no passado. Médicos de outrora, como Galeno, Paracelso e Avcenna acreditavam que podiam afastar qualquer doença utilizando-se de ímãs.

Atualmente, existe considerável quantidade de relatórios feitos sobre magnetismo e sua relação com os seres vivos, comprovando a sua ação na estrutura celular. Daí se chamou de magnetismo animal, pois os ímãs já se fariam dispensáveis em muitas experimentações.

Mesmer* é considerado o primeiro a despertar o interesse público do magnetismo, provocando as discussões acadêmicas, sendo inclusive tratado por charlatão.

Em linhas gerais, das suas 27 proposições impressas no ano de 1779, afirmou sobre o fluido universal**, a ação recíproca dos corpos sob a influência de leis mecânicas e com propriedades análogas à do ímã; a transmissão dessas propriedades de um para outro corpo animado e inanimado, e finalmente ensinou que a doença é um resultante da falta ou de desequilíbrio do magnetismo pelo corpo.

A partir dos seus estudos e dos demais precursores, concluiu-se ser o magnetismo o melhor agente curativo em algumas pessoas, embora não exclusiva para a maior parte dos casos.

É consentâneo entre os pesquisadores que a simpatia, a fé e a paciência exercem poder determinante sobre a eficácia do magnetismo. Por estar dentro da afinidade, esse processo pacífico na relação já é um começo da magnetização, pois contará com a boa vontade dos que procuram o tratamento por esse meio.

Sobre isso Allan Kardec, no O Evangelho Segundo o Espiritismo, esclarece: “O poder da fé se demonstra, de modo direto e especial na ação magnética; por seu intermédio o homem atua sobre o fluido, agente universal, modifica-lhe as qualidades e lhe dá uma impulsão por assim dizer irresistível. Daí decorre que aquele que, a um grande poder fluídico normal, junta ardente fé, pode, só pela força de sua vontade dirigida para o bem, operar esses singulares fenômenos de cura e outros, tidos antigamente por prodígios, mas que não passam de efeitos de uma lei natural. Tal o motivo por que Jesus disse a seus discípulos: se não o curastes, foi porque não tendes fé”.

Como escrito acima, é muito comum ver-se nos Centros espíritas o tratamento espiritual sendo conjugado com a água magnetizada – a “água fluidificada”, que pode ser sofrer essa condição por intermédio de encarnados quanto de desencarnados.

O Espírito André Luiz, no seu livro Nosso Lar – capítulo intitulado “No Bosque das Águas” -, afirma: “a água é veículo dos mais poderosos para os fluidos de qualquer natureza. Aqui, ela é empregada sobretudo como alimento e remédio”.

Com mais gravidade, informa: Será nociva nas mãos perversas, útil nas mãos generosas e, quando em movimento, sua corrente não só espalhará bênçãos de vida, mas constituirá igualmente um veículo da Providência Divina, absorvendo amarguras, ódios e ansiedades dos homens, levando-lhes a casa material e purificando-lhes a atmosfera íntima.

Ao se magnetizar a água eficientemente, nela acontece a precipitação de suas ondas magnéticas, que lhes alteram as estruturas moleculares, o que vem a modificar a sua carga de átomos, com o aumento dos íons e com a alteração da velocidade dos seus elétrons.


Isso faz com que aquele que faz uso da mesma, ingerindo-a ou dela tomando banho, receba os seus benefícios, absorvendo com esse componente “modificado” uma maior intensidade energética através dos átomos de oxigênio já encontrados na própria água.

Tomando essa água fluidificada, o paciente tem os seus fluidos vitais** acrescidos da vibração magnética específica, desobstruindo os canais por onde circulam o fluído cósmico (ou fluido universal, também chamado de “prana” ou “purana” , na filosofia hinduísta, e “Chi” ou “Ki”, para os chineses), acelerando o fluxo sanguíneo e demais fluidos do corpo físico, além da recepção e benefício do seu “duplo etérico”.

Assim, haverá um aumento vibratório da parte onde se encontram as deficiências físico-magnéticas do paciente, acelerando o efeito dos medicamentos porventura utilizados pelo mesmo, concorrendo fortemente para a recuperação mais rápida e eficaz de sua saúde.

Conforme o Espírito Angel Aguarod***, em pessoas mais terrenas que espiritualizadas há a necessidade de remédios mais materiais; atenuam-se esses medicamentos aos sensitivos, e aos notadamente espirituais mais medicina espiritual do que humana!

Então, as possibilidades da água magnetizada só terão plena eficácia quando quem a use tome o rumo espiritual; que se dedique ao seu crescimento interior, reeducando-se em seus impulsos de alma.

         No mais, haverá a recepção da água magnetizada, mas sem a reforma íntima de quem a ingere – fortalecida pela prece – haverá a absorção da própria água e de seus elementos magnéticos-espirituais, porém, não se terá a retenção eficaz dos recursos que ali são ministrados pelo alto.

Vale dizer: o próprio paciente negará, consciente ou inconscientemente, o tratamento ministrado.

Concluímos, por tudo que a Doutrina Espírita nos ensina, que  a mudança de vida para melhor, com a consequente elevação moral, agracia-nos com a verdadeira saúde, nos termos de Jesus: “dar-se-á àquele que tem; e tirar-se-á daquele que não tem”.  

Artigos relacionados ao autor:

A MENTE ESPIRITUAL

MEDICINA QUANTICA

PSICOLOGIA TRANSPESSOAL

*Mesmer. Franz Anton Mesmer (Iznang, 23 de maio de 1734Meesburg, 5 de março de 1815), foi um médico e magnetizador Suábio, hoje região da Alemanha.

 **fluidos vitais. O fluido vital, também chamado de princípio vital, é uma forma modificada do fluido cósmico universal. Ele é o elemento básico da vida. Vida aqui considerada no sentido atribuído pela ciência, que se caracteriza pelos fenômenos do nascimento, crescimento, reprodução e morte.

***Angel Aguarod – Angel Aguarod nasceu na vila Ayerbe, província de Huesca, ao norte da Espanha, em 2 de Outubro de 1860. Incansável nas lides espíritas, e já no plano espiritual ditou à Federação Espírita Brasileira necessidade da implantação do Estudo Sistematizado da Doutrina Espírita.

Receba o boletim informativo do GEAE

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo